terça-feira, 18 de março de 2008

Como extrair o DNA de uma banana

Materiais
- Duas bananas.
- Dois Becker.
- Um palito ou algo que sirva para mexer o liquida.
- Um filtro de café.
- Um detergente qualquer.
- Uma garrafa de álcool.
- Um saco plástico.
- Sal grosso.
- Um tubo de ensaio.

Teoria
Devemos primeiro quebrar a parede celular, para isso usaremos a força mecânica (mão).
Para romper a membrana plasmática vamos usar o detergente.
Quando rompemos a membrana plasmática encontraremos também o DNA da mitocôndria. Para conseguir separar o DNA do vegetal do da mitocôndria só se poderia fazer isso usando um aparelho chamado centrífuga, usa em laboratórios.
Para separar a proteína do DNA usaremos o sal, para afundar a proteína.
Depois disso o DNA estará solta mas é solúvel na água portanto usaremos o álcool para "espantar" o DNA. Feito isso viremos umas pequenas bolinhas parecidas com algodão este é o DNA.

Pratica
Primeiro ponha a banana dentro do saco e comece a amassá-la.
Quando ele estiver quase uma papa ponha um pouco de detergente e continue amassando.
Quando ele estiver uma papa ponha a banana dentro de um Becker.
Depois disso coloque um pouco d'água e comece a mexe-la.
Enquanto estiver mexendo ponha um pouco de sal grosso e continue mexendo.
Quando ela estiver em um estado liquido, pegue o filtro de café, coloque esta água dentro do filtro e deixou filtrar por alguns minutos.
Quando você encontrar algumas gotas tire o filtro de cadê e se quiser jogou no lixo.
Com pegue esta pequena quantidade deste liquida e despejo no tubo de ensaio.
Quando despejado no tubo de ensaio despeje uma boa quantidade de álcool.
Depois disso iremos observar algumas bolinhas de algodão que se destacam dessa água. Esse é o DNA da banana.

2 comentários:

Tina disse...

Olá, sou aluna do curso de Farmácia e fiz esta pratica hoje na faculdade, inclusive estou repetindo em casa pois achei muito interessante e recomendo que todos, nao apenas pessoas ligadas a área façam essa experiência simple, vale a pena!!!

Jucilene disse...

olá, sou professora de ciências, fiz esse experimento em casa para testar e conseguentemente realizar com meus alunos, adorei, muito simples, e o sal grosso pode ser substituido por sal comum.